HIDROTERAPIA

Um mergulho de saúde

A Hidroterapia é a nova modalidade de reabilitação física da ACADEF. Em funcionamento desde 21 de setembro de 2011, a piscina é adaptada aos tratamentos dos pacientes com deficiência e, além dos atendimentos individuais de fisioterapia aquática, recebe grupos de 3° idade para ginástica na água.

Atividades na Hidroterapia

A primeira turma de hidroginástica da terceira idade da Associação Canoense de Deficientes Físicos concluiu suas atividades em maio. O grupo iniciou assim que a piscina foi inaugurada, como um complemento à fisioterapia que eles já realizavam na reabilitação.

Segundo o educador físico Joel Rodrigues, responsável pelas atividades em grupo, o resultado é extremamente positivo, “eles tiveram perda de peso, ganho de tônus, de flexibilidade e de resistência muscular e cardiorespiratória”. Ele afirmou que essa categoria de exercício é muito melhor que a do solo, pois na água não existe impacto, evitando lesões, e ainda é terapêutico. A grande diferença é que na água sentimos apenas 30% do nosso peso corporal e, por isso, os benefícios são potencializados.

As aulas, embaladas por músicas e muitas risadas, tratam não apenas do físico, mas também do psicológico dos participantes. É uma forma lúdica de tratar uma doença, uma dor, uma depressão. Mais do que saúde, a turma ganhou amigos. E é nesse espírito que o grupo encerrou as atividades desse primeiro semestre. Eles comemoram o início de uma vida mais ativa e saudável com a gravação de um vídeo institucional.

Clique aqui para ver os vídeos.

“Foi uma satisfação, um enriquecimento profissional. Gostaria que eles continuassem, se não aqui na ACADEF, em outro lugar, isso não pode se encerrar aqui. O acolhimento da parte deles foi excepcional, de todos , e foi recíproco da minha parte com eles”, exaltou o educador físico.

A Hidroterapia da ACADEF tem 550 metros quadrados, abrigando uma piscina, vestiários aquecidos, diversos equipamentos para realização dos exercícios, e futuramente, banheiras para tratamentos individuais- “elas irão servir para cadeirantes que por algum motivo específico não podem ficar imersas na piscina, porque não conseguem nadar, têm problemas de incontinência ou de escaras pelo corpo”, disse o gestor de reabilitação da ACADEF, Jivago Di Napoli.

A construção teve o custo estimado de R$ 400 mil e foi possibilitada pela *Lei da Solidariedade, do programa estadual de apoio à inclusão e promoção social. A Refap S.A. contribuiu com R$ 242 mil. Os outros R$ 158 mil são recursos investidos pela Associação. A STV, empresa de segurança, também apoiou com recursos financeiros para a Campanha da Hidroterapia. Com a obra concluída, outros gastos são necessários. É aqui que você ainda pode ajudar.

*A Lei da Solidariedade foi instituída pela Lei Estadual nº 11.853 de 29/11/2002 e regulamentada pelo Decreto 42.338 de 11/06/03 e visa à criação de um programa de incentivo fiscal que viabiliza parcerias entre governo, entidades sociais e empresas para a realização de projetos sociais. As empresas financiam com utilização de incentivo fiscal oferecido pelo Estado em até 75% do ICMS e 25% com seus recursos próprios.

A empresa que estiver regular em relação às obrigações trabalhistas, à Fazenda Estadual e apresentar o Balanço Social poderá se cadastrar no Protocolo da Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) com o objetivo de financiar um projeto de assistência social elaborado pela entidade social escolhida pela empresa.

Leis e decreto – Clique para download

Share